TCC: como não travar na apresentação

Compartilhe:

Último ano do curso, você se prepara, se desdobra em meio a pesquisas TCC, estrutura tudo sob as normas da ABNT e na hora de apresentar é assombrado por aquele velho problema: o medo de falar em público. Mas há maneiras de contornar a situação, sabia? Veja dicas importantes para não travar na hora de apresentar o TCC.

Autoestima é tudo


“Não sou bom para falar em público”, “morro de medo de microfone”, “sei contar uma história, mas com plateia não dá”. Se você utiliza alguma das frases acima, tem que trabalhar isso. Livre-se da crença de que você não pode ou não sabe. Falar em público é questão de técnica e prática. Um bom começo é ver vídeos no Youtube ou tutoriais na internet sobre como perder o medo de falar em público.

 

Tenha um plano

Para garantir uma boa apresentação, faça um roteiro com uma sequência lógica: 1) apresentação do tema, do autor e de quem orientou; 2) introdução mostrando os caminhos que levaram à escolha do assunto, o objetivo do trabalho e a metodologia usada; 3) desenvolvimento do trabalho, em que apresentará argumentos e sustentará sua defesa, falando sobre os capítulos do TCC; 4) considerações finais, em que mostrará o resultado do estudo. Depois de concluir, agradeça as pessoas que ajudaram no desenvolvimento do projeto e à banca.

Cuidado com o Power Point

Uma boa dica para ter uma performance oral segura é estruturar a apresentação do PowerPoint ou outro programa compatível. Construa os slides de maneira que seu raciocínio flua normalmente e na sequência que o assunto exige. Não coloque textos longos no slide, para não quebrar o ritmo de sua apresentação e evitar que você se limite a ler o que está projetado na tela.

Treine, ensaie

Fazer uma apresentação é como contar uma história. Quanto mais se sabe sobre a história, mais fácil é transmiti-la para o ouvinte. Por isso, além de estudar a fundo o assunto, faça antes a apresentação para alguém ou treine sozinho. Faça isso com o cronômetro em mãos, considerando o tempo que terá para apresentar. Preferencialmente, ensaie a apresentação um dia antes, para que o cérebro tenha tempo de guardar as informações. Se puder, grave sua fala para identificar possíveis problemas, como o uso exagerado de expressões como “né”, “então”, “daí”, entre outras.

Respire fundo

Um dos segredos para controlar a ansiedade é manter uma boa respiração. Antes de dar início a apresentação, separe alguns minutos para respirar de maneira correta e se concentrar. Durante a apresentação, controle a respiração para garantir que sua fala não seja rápida, dando chance para quem está assistindo assimilar o conteúdo.

Não trave na hora H

É recomendável, antes de se apresentar, separar uns minutos para fazer exercícios de trava língua, para evitar problemas com a dicção. Fale em ritmo calmo, com clareza e num tom de voz adequado e isso evitará transparecer qualquer nervosismo. Seja firme. Fale com motivação, mantenha o bom humor, mas evite fazer piadas durante a apresentação. Esqueça as gírias, use corretamente o idioma.

Garanta um ambiente tranquilo e favorável

Quanto mais conhecer o ambiente em que irá apresentar, melhor. Certifique a temperatura do salão, para evitar roupas que façam você transpirar ou passar frio. Cheque antecipadamente se o local oferece todos os recursos dos quais precisa – afinal, quem nunca passou pelo constrangimento de ter um vídeo para exibir e ter problema com o áudio ou com o computador? Confira também se o som está adequado e se o microfone não dará microfonia.

Veja a apresentação do TCC de Publicidade e Propaganda da Uniso

 

E aí, já está pensando na Pós-Graduação? Confira no vídeo os cursos de MBA da Uniso:

 


Compartilhe:

Conversas

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *