Porque fazer faculdade é importante

Compartilhe:

Ter um curso superior abre portas, aumenta a chance de conseguir bons empregos, proporciona currículo qualificado. Isso é fato! Por outro lado, cursar uma graduação possibilita ter visão mais ampla do mundo, aumenta o círculo de amigos e aprimora o conhecimento em áreas de seu interesse, entre outros fatores relevantes. Confira neste artigo porque fazer faculdade é importante para sua vida.

Para muitos pais que tentam influenciar a decisão do estudante, cursar ensino superior pode passar a impressão de que esta fase da educação está ligada única e exclusivamente com inserção no mercado de trabalho. Mas não é só isso, há um mundo novo a ser descoberto e explorado.

É o que explica a aluna do 6º período de Publicidade e Propaganda da Uniso Mariane Schiming, para quem o curso superior possibilita contato com outras pessoas, outras vivências e ensinamentos, além de, obviamente, proporcionar maior visibilidade no mercado.

“A faculdade se torna um lugar de troca de conhecimento. Assim como você aprende com seus professores, também tem muito a transmitir a eles e aos outros universitários”, relata.

Mariane Schiming (segunda à esquerda) revela a importância da troca de experiências.

Alguns canais com muitas visualizações no Youtube dizem que não é preciso fazer uma faculdade para construir uma carreira. Isso pode servir para os autores dos vídeos e para raras exceções, mas não quer dizer que seja a realidade da sociedade. Basta observar que os países mais desenvolvidos são os que têm a população com maior nível educacional. A própria UNESCO afirma em seus relatórios que a “Educação é o motor do Mundo”.

Mas, se ainda tem dúvidas sobre entrar em uma universidade ou não, confira abaixo 7 razões que podem te ajudar a se convencer de que fazer graduação pode ser fundamental na sua vida.

7 razões que explicam porque fazer faculdade é importante

1 – Crescimento pessoal

O crescimento pessoal e a expansão da visão de mundo propiciados pelo ensino superior são benefícios incontestáveis da graduação. Livros, vídeos, professores e, acima de tudo, experiências, favorecem um desenvolvimento que dificilmente seria possível fora do ambiente acadêmico.

2 – Carreira sólida

 

Quando você consegue um diploma universitário, você tem bagagem para construir uma carreira sólida, já que possui conhecimentos específicos e atualizados da área que escolheu. Além disso, é uma maneira de ter, ao menos para grande parte dos casos, uma profissão regulamentada. Obviamente, quanto mais se qualificar, maiores suas chances de obter sucesso nesta carreira.

3 – Rendimento financeiro

Se em tempos de crise não está fácil para ninguém, para quem não tem uma graduação é ainda pior. É claro que a crise pela qual passa o nosso país pode dar uma falsa impressão de quem faz faculdade e quem não faz está no mesmo barco. Mas, e se a crise passar? Certamente, quem tem um diploma na mão terá mais chances de evoluir profissionalmente.

4 – Pode conquistar bom emprego, apostar em concurso ou empreender

Ter um curso de nível superior pode ser o diferencial para que você consiga um bom emprego. Há aqueles que preferem apostar em concursos e se preparam para isso, e as vagas que exigem curso superior são, em geral, as que remuneram melhor. Mas se você faz parte daquele grupo empreendedor, que quer caminhar com suas próprias pernas, o curso superior pode ser o seu diferencial entre ser um bom ou um ótimo administrador.

5 – Aumenta a rede de contatos

O Networking é fundamental para que você consiga atingir seus objetivos, sejam eles profissionais ou de experiência de vida. Afinal, o colega de sala pode ser seu futuro sócio ou parceiro profissional; o professor pode inseri-lo no mundo das pesquisas ou apresentá-lo a outros profissionais; se conseguir um estágio na área, certamente será uma boa possibilidade de aumentar sua rede de contatos no mercado. O acesso a determinados públicos é maior para quem tem ensino superior.

Mariane Schiming e amigos: arquivo pessoal.

6 – Amigos

Muitos não pensam nisso ao longo da graduação, mas quanto mais o tempo passa, para quem é formado há algum tempo fica a sensação de que a fase da faculdade foi uma das melhores para se construir amizades duradouras. Leia o relato de Rogério Ramalho, que cursou Jornalismo na Uniso, e tenha uma ideia da importância dos laços criados e que permanecem até hoje:

“Depois que terminarmos o curso, sinto que de alguma forma estamos sempre disponíveis uns para os outros. Nossa amizade aconteceu e se firmou num momento e num contexto importante das nossas vidas. Passamos por várias coisas juntos, não foram apenas as afinidades que nos juntaram. Compartilhamos, aprendemos, rimos, nos ajudamos. Em minha opinião, é um jeito de nós continuarmos crescendo como  pessoas”.

Forte, não é mesmo?

7- É investir no conhecimento

Dificilmente, você ouvirá algum profissional dizer que o conhecimento que adquiriu no ensino superior não foi útil, ainda que não atue na área. O que aprendemos não pode ser tirado da gente e, em uma hora ou outra da vida, você pode usar estas experiências em outras áreas.

A ex-aluna de Jornalismo Ana Paula Pinhatari é um grande exemplo disso. “Desde a primeira aula de Teoria da Comunicação, eu percebi que minha paixão mesmo era a academia. Isso foi no primeiro ano de faculdade. Dali em diante meu foco era fazer um mestrado. E consegui!”, conta.

Desde que nascemos, somos levados a crer que o diploma universitário é necessário para garantirmos um emprego bom, ter estabilidade financeira. Ou seja, o foco é sempre no mercado. Entretanto, por mais que o curso superior facilite estas oportunidades, seus objetivos são muito mais abrangentes, já que têm diversas funções que vão além desta obsessão pelo sucesso profissional.

A Uniso tem, enraizada em seus valores, a missão de formar pessoas que transformam o mundo, questionando, inovando, buscando alternativas que desenvolvam a região em que vivem.

É preciso valorizar a educação, em especial a graduação. O Brasil vive um momento que necessita de grandes líderes para transformar o amanhã. Isso é possível com o surgimento de mentes desafiadoras, profissionais inovadores, qualificados, culturalmente aptos a criar uma nova sociedade. Certamente, muitos desses líderes nascerão em um curso de graduação. E você pode estar entre eles!


Compartilhe:

Conversas

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *