Logan: fim de uma era ou começo de outra? Por: Luccas Fukushima

Compartilhe:

C-H-O-C-A-D-O!

Ontem, como todo bom sorocabano, tomei meu banho, fiz um penteado de gala, passei um leve corretivo nos olheiras que entregavam um carnaval sem muita agitação – não é, Netflix? – vesti as roupas mais caras que tinha, passei o perfume mais cheiroso e sai… rumo ao cinema

Dress GIF - Find & Share on GIPHY

Chegando lá, às 23:00, me deparei com uma fila absurda de gente ansiosa e nervosa para ver nosso lobinho se despedir das telonas em seu último filme: Logan

E é sobre ele que vou falar hoje.

 

Logan acontece no ano de 2029, em um período que mutantes já não nascem mais e os que sobreviveram fogem. Ele está bem acabadinho, velhinho, com um poder de cura quase nulo. Tem seu emprego em uma espécie de Uber futurística – sim, Logan é um chofer e eu ainda não o encontrei no app da Uber. Se alguém o encontrar, me chama que eu vou – e tenta viver sua vida em paz, longe das tretas que tinha quando era um X-men.

Mas, tio Logan safadenho tem seus segredos e logo descobrimos que ele, mesmo depois de tantos anos, ainda dá cuidados ao professor poderoso de escala 9, Charles Xavier. Este, doente, estranho, quase meio que perdendo a sanidade, precisa tomar medicamentos que Wolverine constantemente traz, ilegalmente, para ele. Porém, as doses estão cada vez menos suficientes, o que faz Xavier ter convulsões que desencadeiam consequências não muito humanas. Sim, ele não espuma na boca, treme o corpo, como todo ser humano faria. O poder mental dele se amplifica e foge de controle, paralisando a todos e, se não contido a tempo, levando a morte. Vô-lverine está tão velho que não enxerga mais e só depois percebe que tem trazido os remédios errados. Seriamente pensei em deixar o curso de Letras e fazer enfermagem, só para ajudar o Vô.

X-Men GIF - Find & Share on GIPHY

O que o homem-das-garras-de-Adamantium não percebe é que mesmo neste estado, Xavier se comunica telepaticamente com uma mutante criança que fará Vô-lverine deixar seu trampo de chofer de lado e, pela última vez, pôr as garras para fora e lutar.

Tudo isso porque a menina, Laura, vulgo X-23 (Dafne Keen), é sua filha e está sendo perseguida por uma empresa do capiroto, uó, infeliz que nos deixa com raiva nos 138 minutos do filme. Esta empresa do cão fariam o seguinte: eles pagariam mulheres mexicanas para que tivessem filhos – sim, humanos convencionais – e, logo após o nascimento, eles as matariam e levariam as crianças para teste com DNA dos antigos mutantes.Tudo para criar um exército superpoderoso que obedecesse à empresa e ao seu Trump: Dr. Rice. O que eles não contavam é que seres humanos tem alma e podem se revoltar e acontecendo isso, a empresa resolveu matar todas as crianças. Mas, algumas escaparam e Lalá foi uma delas.

Pronto, temos pano para muita ação e cenas de lutas, além, é claro, de nos apresentar a nova geração X-men.

Agora, o filme é tenso. Senhor da Glória, amém. É quase como se Quentin Tarantino o tivesse filmado. É garra entrando no sovaco, na cabeça, na virilha. A Laura é uma encapetada, virada no giraia, que sai pulando no pescoço de todo mundo, decepando cada um, enfiando as garras das mãos – e dos pés! Pasmem – nas tripas. É um filme visceral. Tive que desviar os olhos da tela em algumas cenas porque meu lado macho, que nunca foi muito bem desenvolvido, não aguentou.

Semi Appless GIF - Find & Share on GIPHY

Sai de lá com a sensação de que havia assistido uma ação/aventura tragicômica. É um filme completo: você vai rir com as referências, que não são complexas, com o roteiro e algumas piadas em momentos certos, vai cerrar os olhos em algumas cenas violentas, vai se inclinar da cadeira de raiva e, claro, no fim, VAI CHORAR! É uma despedida triunfal!

Sad GIF - Find & Share on GIPHY

Enfim, a pergunta que não quer calar: Dá para ver ou não?

Dá, dá, re-dá, dá de novo. É um filme, como arte, muito mais aprimorado do que todos os outros da saga – há comparações de que Logan é o Cavaleiro das Trevas da Marvel – e como entretenimento, é F***!

Vá, leva a namorada, o namorado, marido, esposa, amante. Vá sozinho, vá com um encosto, vá com Deus. Só não deixe de ir.

 

The Late Show With Stephen Colbert GIF - Find & Share on GIPHY

Luccas Fukushima

Luccas Fukushima

Luccas é simples, engajado, honesto, sincero. Ele ama o que é bom sem deixar de apreciar o que é ruim e espera que aqueles que o leem façam desta uma verdadeira recíproca.
Luccas Fukushima
Compartilhe:

Conversas

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *