As lembranças de uma universitária

Compartilhe:

claudia-rossiPor Cláudia Rossi

O ano era 2006. Eu tinha muitos sonhos para realizar e a certeza de que estava iniciando uma das maiores jornadas da minha vida. Aquele ano eu me tornava uma universitária!

O curso escolhido foi Publicidade e Propaganda. Bem, apesar da timidez eu sempre gostei muito da área de comunicação e tinha certeza que iria me sair muito bem neste curso.

Sempre gostei muito de escrever e logo me identifiquei com as disciplinas de Português, Redação e Textos Publicitários. O primeiro elogio que ganhei sobre um texto que escrevi foi de um professor na aula de Redação Publicitária. A alegria e o estímulo para me dedicar aos estudos só ficavam cada vez maiores.

Logo, conheci o Marketing e posso dizer que a paixão por ele e por suas ferramentas também apareceu no meu coração. E as disciplinas de Criação então? São um amor à parte!

A Publicidade realmente me conquistou!

Hoje, 10 anos depois de assistir a minha primeira aula em alguma sala do Bloco A, lembro com muita saudade os professores que tive, das aulas em que aprendi muitas coisas, tanto pessoais quanto profissionais. Lembro com amor os colegas que tive, de todas as brincadeiras, brigas, parcerias e fico feliz por poder ainda hoje, manter contato com a maioria deles.

Sinto saudade dos perrengues que a vida de universitário nos traz. Seja o dinheiro contado para o lanche ou o ônibus lotado que tinha que pegar para chegar na aula. Seja eu ficando acordada até tarde para estudar ou, então, apresentando um seminário ou um trabalho no final do semestre. Ser universitário não é fácil!

Em dezembro de 2009, após a apresentação nervosa e orgulhosa de um TCC feito por um grupo formado por seis colegas (eu estava entre eles), uma banca formada por três professores nos diz com firmeza as palavras: PARABÉNS, PUBLICITÁRIOS! VOCÊS TIRARAM NOTA MÁXIMA. Nunca esquecerei a emoção e o sentimento de dever cumprido que eu e meus colegas sentimos naquele momento. Da gratidão a todos que nos ajudaram a passar pelos quatro anos de curso, fossem de nossa família ou amigos. Aquele momento foi único.

Hoje os anos passaram, muitas coisas aconteceram, mas essas lembranças da minha vida de universitária nunca sairão da minha memória. A vida de universitária foi um momento único e se eu pudesse deixar um conselho a você que hoje está passando por tudo isso que eu mencionei ali em cima, seria: aproveite cada segundo. As coisas ruins as coisas boas, pois elas farão parte da sua vida, do profissional e da pessoa que você deseja ser. Estes momentos farão parte da sua história.

Hoje sou aluna da Pós-Graduação em Marketing de Conteúdo e trabalho com Marketing Digital e Blogs. Lembra aquele elogio que eu ganhei do meu professor? Foi um dos motivos responsáveis por eu gostar de escrever até hoje.

Bom, se tem uma lembrança que nunca vou esquecer? Impossível citar apenas uma. E se tenho algo para agradecer? Por tudo. Obrigada amigos, obrigada mestres, obrigada!

Compartilhe:

Conversas

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *